• Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Laboratório de Tecnologias Digitais em Saúde da Unesc recebe recursos para sair do papel

Imprensa livre

Laboratório de Tecnologias Digitais em Saúde da Unesc recebe recursos para sair do papel

Projeto único em Santa Catarina tem base no modelo da Escola de Medicina Harvard e terá tecnologia em realidade virtual e aumentada

A Unesc deu mais um importante passo em direção ao futuro do ensino na área da saúde. Foi assinada na tarde desta quinta-feira (2/7), no campus da Instituição, o repasse de uma emenda parlamentar proposta pela deputada federal Geovania de Sá, que garante R{% milhão de reais para a construção do primeiro Laboratório de Tecnologias Digitais em Saúde de Santa Catarina.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, comemorou a chegada da emenda em um momento tão delicado para a área da saúde e deu destaque à concretização de um projeto com tamanha importância para a Universidade e para a sociedade. “Com esta tecnologia será possível entregar à comunidade profissionais ainda mais qualificados e capazes de enfrentar as mais variadas situações do dia a dia, inclusive como os que vivemos diante de uma pandemia. É uma grande conquista para a Universidade e para a nossa região”, enfatizou.

O espaço está sendo pensado com base no que há de mais moderno no mundo, como o laboratório da Escola de Medicina Harvard. Proponente do recurso, Geovania já foi acadêmica da Instituição e enfatizou a importância desta conquista, sendo o maior recurso já repassado para uma instituição de ensino. “Esta é a minha Universidade. Um lugar onde me formei e por qual tenho muito carinho. Desde então, temos em nossas lutas a valorização deste espaço e tenho a certeza de que esta iniciativa deixará um grande legado, para estudantes, professores e os próximos que estarão aqui”, afirmou.

O valor proposto pela emenda já foi registrado na conta da Prefeitura de Criciúma e posteriormente será repassado à Unesc. Para o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, esta é uma ótima notícia para o Sul catarinense, em meio a um cenário de desafios. “Estamos vivendo um momento importante. A concretização deste projeto é a representatividade do que significa trabalhar diariamente pelas pessoas, deixando claro que o dinheiro que chega ao governo deve retornar ao povo. O curso de Medicina, a Universidade, o poder público e as pessoas ganham muito com isso”, frisou.

O desenvolvimento do projeto do Laboratório de Tecnologias Digitais em Saúde está em fase de estruturação, um trabalho em conjunto de diversos setores da Universidade. O médico e professor da Universidade, Rafael Ostermann, explicou que o Laboratório trará duas grandes inovações: as realidades virtual e aumentada. “Essas tecnologias proporcionam uma total imersão no aprendizado da Medicina e de outros cursos da saúde, em diversos cenários e situações. Certamente o ensino em saúde não será o mesmo, sendo elevado a um próximo patamar e comparável às instituições médicas e de ensino mais completas do mundo”, afirma.

 Também estiveram presentes no momento o vice-reitor da Unesc, Daniel Ribeiro Preve, e o secretário de saúde de Criciúma, Acélio Casagrande.

Saiba como estão os planos de retomada econômica em cada estado do sul Próximo

Saiba como estão os planos de retomada econômica em cada estado do sul

Anterior

"A imagem do homem atual"

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.