• Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Saúde do Arroio já vacinou 92% da população contra a febre amarela

Imprensa livre

Saúde do Arroio já vacinou 92% da população contra a febre amarela

ARROIO DO SILVA

SAÚDE DO ARROIO JÁ VACINOU 92% DA POPULAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA

A cobertura vacinal contra a febre amarela aumentou consideravelmente no município de Balneário Arroio do Silva em 2019, comparado com anos anteriores. Um dos fatores que contribuiu para a demanda foi de que o estado de Santa Catarina passou a ser Área com Recomendação de Vacinação (ACRV). A informação é da Coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Franciele Ramos. Segundo ela, Balneário Arroio do Silva tinha uma cobertura vacinal que girava em torno de 40 % porque era usada apenas para pessoas que fossem viajar para áreas de risco e com os casos de mortes de macacos registradas em SC e de pessoas infectadas com o vírus a cobertura aumentou. “A melhor maneira de prevenção contra a febre amarela continua sendo a vacina. Por isso a imunização é necessária em todas as pessoas com mais de nove meses”. De acordo com a coordenadora, a Vigilância Epidemiológica está implantando um questionário para saber se a pessoa fez a vacina ou não, se há macaco na área na área onde ela reside, região do Golden Park,pesque-pague, turfa e lugares com mata atlântica.

APP IDENTIFICA  

A enfermeira Franciele Ramos, frisa que hoje o Ministério da Saúde já dispõe de um aplicativo, onde o cidadão, ao avistar um macaco morto, poderá tirar a foto e enviar ao MS e ISS-GEL – S-I-S-S-GEL – que é o sistema de informação de saúde silvestre. Esse sistema está disponível no Android de graça, qualquer pessoa pode baixar esse sistema e com esse sistema a pessoa pode ver um animal morto, tira uma foto, informa pra nós qual é a condição daquele animal, se ele está doente, se ele está morto, quantos animais são, qual é o lugar que ele está, “O macaco é o anjo da guarda do ser humano, porque ele sinaliza se há o mosquito transmissor na área e não transmite a doença. A responsável pede que se a pessoa avistar macaco ou bugio morto, não enterre e avise o Departamento de Vigilância Epidemiológica (DIVE)

O que é a febre amarela?

É uma doença infecciosa febril aguda, causada por um arbovírus (vírus transmitido por artrópodes), que pode levar à morte em cerca de uma semana se não for tratada rapidamente. Os casos de febre amarela (FA) no Brasil são classificados como febre amarela silvestre ou febre amarela urbana, sendo que o vírus transmitido é o mesmo, assim como a doença que se manifesta nos dois casos, a diferença entre elas é o mosquito vetor envolvido na transmissão.

Na FA silvestre, os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes transmitem o vírus, e os macacos são os principais hospedeiros; nessa situação, os casos humanos ocorrem quando uma pessoa não vacinada adentra uma área silvestre e é picada por um mosquito contaminado. Na FA urbana, o vírus é transmitido ao homem pelos mosquitos Aedes aegypti; mas, nessa área, a ocorrência não é registrada no Brasil desde 1942.

(Coordenadora de Vigilância Epidemiológica Franciele Ramos)

Texto : Jorge Pimentel - JP/SC 5247

Imagem: freepik | freepik.com

Primeiro candidato do governador Anterior

Primeiro candidato do governador

Suporte técnico auxilia nas demandas da agricultura Próximo

Suporte técnico auxilia nas demandas da agricultura

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.