• Sexta-feira, 27 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Sem licenças para a pesca da tainha, pescadores prometem manifestação na próxima segunda-feira

Geral

Sem licenças para a pesca da tainha, pescadores prometem manifestação na próxima segunda-feira

Trabalhadores da região agora aguardam que colônias recebam as autorizações.

As licenças que autorizam os pescadores a retomarem as atividades começaram a ser emitidas. Era essa autorização que estava emperrando o trabalho durante a safra da tainha, iniciada em maio. A informação do início da liberação das licenças foi confirmada nesta quinta-feira, dia 12, pelo presidente da Colônia Z-33, Rogério Cardoso, o Abacate.

"As licenças começaram a ser emitidas. Já saíram 30, agora tem mais 100 para serem emitidas, só que funciona assim: eles estão começando do Paraná pra cá", explicou Cardoso. Desde 2012, um mandado de segurança assegurava aos pescadores o direito de acessar o mar, mas uma recente portaria do Ministério da Agricultura e da Pesca os impediu de exercer a função. Sem as licenças, a safra da tainha, que teve início no começo de maio, foi prejudicada.

Antes da confirmação da liberação, os pescadores organizavam uma manifestação para esta sexta-feira, dia 13, em Florianópolis. Agora, o movimento sofrerá uma pausa até a próxima semana, quando a Colônia espera que os trabalhadores da região consigam suas licenças. "Vamos dar mais uma esperada até segunda-feira. Se até segunda-feira, às seis horas da manhã, essa licença não for emitida para todas as colônias, nós vamos fazer um manifesto em Florianópolis", completou.

Fonte: Engeplus 

VÍDEO: Confira como ficará o calçadão do Balneário Arroio do Silva Próximo

VÍDEO: Confira como ficará o calçadão do Balneário Arroio do Silva

Prefeitura de Araranguá emite nota sobre investigação da Polícia Federal Anterior

Prefeitura de Araranguá emite nota sobre investigação da Polícia Federal

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.