• Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019
  1. Home
  2. Educação
  3. Projeto reinventa a cultura na educação infantil

Educação

Projeto reinventa a cultura na educação infantil

Balneário Gaivota

A administração de Balneário Gaivota, por meio da Secretaria Municipal de Educação, se empenha em proporcionar para as crianças e adolescentes um ensino diferenciado, pautado na qualidade, no afeto e no respeito entre os envolvidos de toda comunidade escolar. Por isso, a importância da valorização de projetos e trabalhos desenvolvidos por profissionais que se dedicam para transformar a permanência de muitas crianças que passam mais horas diárias dentro da escola do que nas suas próprias casas em momentos de aprendizado e prazer.

Com o objetivo de ampliar os olhares sobre o folclore local e regional, a professora Isadora Silveira Ramos da disciplina de Momento literário e a professora de Artes Jéssica Homem Héck, desenvolveram na Educação Infantil, um projeto de ‘Reinventação e Adaptação da Cultura Popular’, de modo que brincadeiras como o Boi de Mamão, possibilitem através das diferentes linguagens artísticas, o aumento do repertório cultural e o protagonismo das crianças.

“Transformar o período de permanência dos alunos nas escolas em momentos mais prazerosos e ricos de sentidos para todos, não é tarefa simples, pois requer amor, dedicação, comprometimento, criatividade e doação de toda comunidade escolar. Agradecemos o empenho e o carinho de cada servidor (a) que se envolve positivamente nas atividades escolares diárias, com o intuito de garantir bem-estar e melhor qualidade de ensino aos pequenos aprendizes, e futuros cidadãos”, assinala o prefeito, Ronaldo Pereira da Silva.

O projeto teve várias atividades nas referidas disciplinas, bem como contação de histórias, versos, trabalhos manuais com argila, massa de modelar, dobraduras, exposições e filmes de animação contemporânea do Boi de Mamão. “O Papaya Bull”, que é uma produção brasileira inspirada no folclore catarinense, foi uma brincadeira do Boi de Mamão realizada com todos os personagens confeccionados pelas professoras.

Todas as atividades do projeto aconteceram com a participação dos alunos da Educação Infantil, desde o Berçário até o Pré-escolar. Nas brincadeiras, as professoras teatralizaram e narraram as histórias, porém, os personagens atuantes, que cantavam e dançavam devidamente caracterizados eram as crianças. Deste modo, elas se tornaram protagonistas da sua própria história. Nas diferentes interpretações cada criança brincou e interagiu de forma diferente, respeitando a singularidade de cada um, como a participação especial de um boi de cadeira de rodas, deixando a brincadeira ainda mais rica de sentido. “Proporcionar momentos de inclusão e interação e perceber a felicidade das crianças ao ver o colega cadeirante participando igualmente, é algo gratificante pra todos”, diz a secretária de Educação, Esadir Gomes Machado.

A realização do projeto contou com apresentações envolvendo o CEI Tia Benta que conta com a coordenação da professora Rita de Cássia Silveira, o CEI Pingo de Gente com a coordenadora Keli Silveira Ramos e o CEI Libânia Pereira Martins com a coordenadora Katiéli Evaldt do Nascimento. O projeto contou com a participação e a colaboração de todos os funcionários, inclusive das professoras regentes que ampliaram o trabalho abordando os temas do folclore nacional em cada turma.

Violência doméstica: Anterior

Violência doméstica:

Foi sucesso Próximo

Foi sucesso

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.