• Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
  1. Home
  2. Saúde e estética
  3. Jejum uma prática muito antiga

Saúde e estética

Jejum uma prática muito antiga

EM VEZ DE FALAR DE UM TIPO DE “DIETA MILAGROSA”, uma daquelas dietas loucas, que você nunca ouviu falar, vamos nos concentrar em uma tradição antiga já testada e comprovada há milênios.

O jejum é um dos métodos de cura mais antigos da história humana e tem sido parte da prática de quase todas as culturas e religiões da Terra.

Sempre que o jejum é mencionado, há sempre a mesma reação de revirar os olhos:

Fome?

E a resposta é não!

O jejum é completamente diferente. A fome é a ausência involuntária de comida. Não é previsto, nem controlado. As pessoas que passam fome não têm ideia de quando irão fazer a próxima refeição.

O jejum, no entanto, é a abstinência VOLUNTÁRIA de comida por motivos espirituais, de saúde e emagrecimento. O jejum pode ser feito por qualquer período de tempo, de algumas horas até por vários dias.

De certa forma, o jejum faz parte da vida cotidiana. O termo “café da manhã”, é a refeição que quebra o jejum - que fazemos diariamente. Em inglês a palavra “break fast”  significa quebrar (break) fast (jejum).

Como tradição de cura, o jejum tem uma longa história. Hipócrates ( 460 a.c - 370 a.c) é considerado o pai da medicina moderna. Entre os tratamentos que ele prescreveu e defendeu foram a prática do jejum e o consumo de vinagre de maçã.

Hipócrates escreveu: "Comer quando você está doente, é alimentar sua doença".

Os humanos, como a maioria dos animais, não comem quando ficam doentes.

VOCÊ LEMBRA A ÚLTIMA VEZ QUE VOCÊ FICOU DOENTE COM GRIPE OU VIROSE. PROVAVELMENTE A ÚLTIMA COISA QUE VOCÊ QUERIA FAZER ERA COMER.

O jejum é, de uma certa forma, um instinto. Os gregos também acreditavam que o jejum melhorava as habilidades cognitivas. Pense na última vez que você comeu uma grande refeição na Ceia de Natal. Você se sentiu com mais energia e mentalmente ativo depois? Ou, em vez disso, você se sentiu sonolento ou um pouco lento?

Mais provavelmente o último. O sangue é desviado para o seu sistema digestivo para lidar com o enorme fluxo de alimentos, deixando menos sangue para a função cerebral.

O jejum faz o oposto, deixando mais sangue para o seu cérebro.

O jejum para fins espirituais é praticado em quase todas as principais religiões do mundo. Jesus Cristo, Buda e Maomé compartilharam uma crença comum no poder do jejum.

Em termos espirituais, é freqüentemente chamado de limpeza ou purificação; que praticamente é a mesma coisa. A prática do jejum desenvolveu-se entre diferentes religiões e culturas, não como algo prejudicial, mas como algo profundamente benéfico para o corpo e o espírito humanos.

SEJA POR MOTIVAÇÕES ESPIRITUAIS OU NÃO, UMA COISA É FATO: JEJUAR FAZ PARTE DA HISTÓRIA HUMANA, E É ALGO PARA O QUAL NOSSOS CORPOS ESTÃO PREPARADOS.

O que é Jejum Intermitente: consiste de privar seu corpo de alimentos (ou seja, de calorias) por um tempo determinado, de maneira que alguns processos internos possam entrar em ação. Dentre eles, o mais significativo é o da queima do estoque  de gordura.

Veja bem, nosso corpo é uma máquina perfeita: se ele recebe mais “combustível” do que precisa, faz o que qualquer pessoa prudente faria…

Armazena para períodos de dificuldade que podem vir no futuro.

Fonte Livro: O CÓDIGO DA OBESIDADE

DECIFRANDO OS SEGREDOS DA PREVENÇÃO E CURA DA OBESIDADE

Autor: FUNG, JASON

Fonte Imagens: Pixabay

Diz aí... E você, é curvy ou plus size? Anterior

Diz aí... E você, é curvy ou plus size?

É tempo de Reflexão e Transparência Próximo

É tempo de Reflexão e Transparência

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.