• Sábado, 25 de Junho de 2022
  1. Home
  2. Saúde
  3. SC vai mudar edital para compra de 5 milhões de máscaras após polêmica em 2021

Saúde

SC vai mudar edital para compra de 5 milhões de máscaras após polêmica em 2021

Secretaria vai investir R$ 5,25 milhões na compra do item de proteção e promete mudanças para evitar problemas na qualidade do produto.

Cinco milhões de máscaras serão entregues aos profissionais da rede estadual de ensino no início do ano letivo. Segundo a Secretaria de Estado da Educação (SED) de Santa Catarina, o investimento será de R$ 5,25 milhões. Em relação ao edital do ano passado, o governo sinalizou mudanças para garantir equipamentos dentro do padrão de qualidade e que, de fato, protejam contra a Covid-19.

Essas alterações vão ocorrer depois que uma reportagem da NSC TV e do Diário Catarinense mostrou que entre as máscaras encaminhadas às escolas no ano passado havia itens fora do padrão exigido pelo edital. Um especialista analisou o produto encontrado em escolas e verificou que o item nem sequer oferecia a proteção adequada contra o coronavírus.

O Ministério Público de Contas (MPC) também apontou irregularidades no contrato de compra. O MPC apontou indícios de irregularidades entre as empresas envolvidas na aquisição do material. A qualidade das máscaras também foi reprovada pelo órgão.

SED promete mudanças no edital

Para evitar que a situação se repita, a SED informou que incluiu novas garantias de entrega, de qualidade e de fluxo de distribuição ao contato. As novas exigências do contrato incluem

  • A inclusão dos gestores escolares como fiscais de verificação das qualidades do produto recebido;
  • Apresentação de Atestado de Capacidade Técnica do fornecedor;
  • Apresentar relatório dos ensaios em laboratório acreditado pela CGCRE do Inmetro, que comprovem o atendimento aos requisitos técnicos normativos de fabricação da máscara.

Sobre o contrato do ano passado, a SED disse que as máscaras adquiridas no ano passado tinham laudo apresentado pela empresa fornecedora comprovando sua eficácia.

“Após a constatação do envio de máscaras irregulares, a secretaria notificou a fornecedora, fez a rescisão do contrato e está acionando a empresa judicialmente”, disse em nota.

Fonte: NSC Total 

Saúde antecipa entrega de terceiro lote de vacinas pediátricas Próximo

Saúde antecipa entrega de terceiro lote de vacinas pediátricas

SC recebe vacinas pediátricas em caixa de papelão inadequada; veja quantas foram entregues Anterior

SC recebe vacinas pediátricas em caixa de papelão inadequada; veja quantas foram entregues

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.