• Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Gasolina mais barata? Petrobras e sindicatos de SC se manifestam após fala de Bolsonaro

Geral

Gasolina mais barata? Petrobras e sindicatos de SC se manifestam após fala de Bolsonaro

Empresa informou que "não há nenhuma decisão" sobre os ajustes nos preços, um dia depois do presidente endossar que redução deve ocorrer nesta semana; sindicato diz que "existe condição".

O preço da gasolina em Santa Catarina pode ter mudanças e ficar menor do que o registrado nas últimas semanas. No entanto, isso ainda não é certo. Em Santa Catarina, sindicatos ainda aguardam novos desdobramentos e mantém a expectativa de um anúncio oficial da Petrobras.

Essa movimentação ocorre depois que o presidente Jair Bolsonaro (PL) destacou, no último domingo (5), as chances da Petrobras anunciar uma queda nos preços da gasolina a partir desta semana. A empresa, no entanto, esclareceu que ainda “não há nenhuma decisão” sobre os ajustes.

“Existe condição”, disse o vice-presidente do Sindópolis (Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis).

Conforme reportagem do Estado de S. Paulo, a estatal se manifestou na segunda-feira (6) em um comunicado enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

“A Petrobras reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato da volatilidade externa e da taxa de câmbio causada por eventos conjunturais”.

No domingo, Bolsonaro salientou as chances da empresa anunciar uma queda no valor do litro da gasolina ainda nesta semana. Esta possibilidade é baseada a partir de um recuo do petróleo no mercado internacional.

“A Petrobras não antecipa decisões de reajuste e reforça que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) que ainda não tenha sido anunciada ao mercado”, reforçou o comunicado da estatal.

Repercussão e expectativa para queda do preço da gasolina em SC

Vice-presidente Sindópolis, Joel Fernandes destaca que para ocorrer a redução nos valores é fundamental que realmente seja anunciada a medida da Petrobras.

“A queda, na realidade, ela só ocorrerá se efetivamente a Petrobrás baixar o preço. Se não baixar, não tem como reduzir o preço para o consumidor”, aponta o empresário.

Apesar do comunicado da estatal, o sindicato ainda espera pelo anúncio, já que vê a conjuntura para isso. “Nós acreditamos que existe condição sim da Petrobrás fazer uma redução de preço, nessa semana ou na próxima, considerando que o barril de petróleo está na faixa dos US$ 75”, completa.

Joel Fernandes ressalta, ainda, que a queda dos preços em Santa Catarina seria um pouco menor, já que o preço no Estado já é um dos mais baixos do país.

“A redução em Santa Catarina ela deveria ser a menor, porque hoje é uma das gasolinas mais baratas do Brasil. Nós esperamos que ocorra um anúncio da Petrobrás, que haja uma redução de preços, e aí será repassado os valores até o consumidor”, conclui.

Já o secretário executivo do Sincombustíveis/SC (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Litoral Catarinense e Região), César Ferreira Júnior, ressalta que “não há nada de concreto até o momento”.

“Na realidade, o que nós sabemos é o que vocês também sabem”.  O secretário ressalta que, no cenário atual, ainda “não dá pra ter nenhum tipo de expectativa em relação a Petrobrás”.

“O que se sabe, que é público e notório, foi uma fala do presidente Jair Bolsonaro que haveria talvez aí uma uma redução pela Petrobras, no custo da gasolina A, e aí tem essa matéria aí da Petrobras explicando na realidade o que está acontecendo”.

César Ferreira Júnior explica que ainda está no aguardo de novas declarações da Petrobras, enquanto isso, “não tem como como saber nesse momento o que vai acontecer ou não vai, não dá pra ter uma previsão, de forma nenhuma”.

Fonte: ndmais

SC é o 10º Estado que mais utiliza aplicativo de trânsito; veja o ranking de 2021 Próximo

SC é o 10º Estado que mais utiliza aplicativo de trânsito; veja o ranking de 2021

Prepare-se: os porcos estão chegando Anterior

Prepare-se: os porcos estão chegando

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.